Um ladrão rouba um tesouro, mas não furta a inteligência. Uma crise destrói uma herança, mas não uma profissão. Não importa se você não tem dinheiro, você é uma pessoa rica, pois possui o maior de todos os capitais: a sua inteligência. Invista nela. Estude! (Algusto Cury)



segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Um feliz Natal e próspero Ano Novo...


União cobra R$ 192 mi ao RN

O Rio Grande do Norte terá que devolver, até abril de 2016, R$ 192,4 milhões à União pelas complementações recebidas para o  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização do Magistério (Fundeb). A portaria interministerial nº 8/2015, publicada no dia 5 de novembro, retirou o estado potiguar da lista de unidades federativas que recebem aporte do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para complementação do investimento per capita por aluno. De acordo com a lei do Fundeb, o aporte não é concedido a estados que tiverem o valor per capita aluno superior à média nacional. Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, o Estado arrecadou quase R$ 2 bilhões em 2014, R$ 300 milhões a mais que o previsto, e por isso não precisaria receber a complementação. O Executivo estadual contesta o aumento e estuda judicializar a questão.
Foto: Internet

Municípios já anunciam uma “quebradeira geral” nas contas caso a medida se concretize. As contas começaram a complicar desde outubro passando, quando o repasse da complementação foi suspenso. Em Ipanguaçu, a 184 quilômetros da capital potiguar, o pagamento dos professores terceirizados é realizado somente no dia 10 do mês posterior. Com a aproximação de janeiro, mês em que as unidades da federação serão obrigadas a implantar o reajuste de 11,36% do piso salarial do professor, alguns gestores não sabem se vão cumprir o pagamento. 

Criado em 2007, o Fundeb reúne 20% das receitas municipais e estaduais – sejam próprias ou de transferências constitucionais – para aplicações na educação. A arrecadação total dividida pela quantidade de alunos na rede estabelece o custo per capita de cada aluno. Pela lei nº 11.494, os estados que não atingirem a per capita nacional, que em 2015 foi de R$ 2,4 mil, receberão uma complementação de recursos da União. Até outubro, o RN fazia parte dos nove estados a receberam o benefício.

Para os gestores, a complementação representou fôlego em um ano de frustração das receitas do Fundo de Participação dos Municípios e royalties. De acordo com o prefeito de Campo Grande, Alessandru Alves, a devolução de recursos pode zerar a conta de vários municípios.

“É uma catástrofe geral. Em Santa do Seridó, o que a prefeitura receberá em abril de Fundeb não vai cobrir nem o que ele tem para devolver. Além disso, já saiu que o FPM só vai subir 3% no ano que vem, com salário mínimo reajustado em 10% e piso dos professores em 11%, como vamos fechar a conta?”, questionou. Embora o recurso também deva ser destinado para investimento, municípios como Caraúbas, Bodó e Natal utilizam100% dos recursos apenas para a folha. Dos R$ 19,5 milhões mensais recebido pelo estado, R$ 7,5 milhões ficavam com o Governo do Estado e o restante era repartido pelos municípios, de acordo com o número de alunos. 

Uma comitiva de prefeitos, acompanhado por senadores e deputados da bancada potiguar foram à Brasília na última quinta-feira (17) tentando reverter a decisão. Nesta terça-feira (22), os secretários de Tributação e Planejamento do estado, bem como o vice-governador Fábio Dantas, vão ao FNDE apresentar balanços sobre a arrecadação do Fundeb em 2014 que, segundo o Estado, foi realizada em R$ 1,2 bilhão.

Fonte: tribunadonorte.com.br 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Senado inclui nome de Leonel Brizola no Livro dos Heróis da Pátria

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (9) a inclusão do nome do político Leonel Brizola no Livro dos Heróis da Pátria (PLC 67/2014). Também chamado de Livro de Aço, o Livro dos Heróis da Pátria fica exposto no Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes, em Brasília, e serve de homenagem aos brasileiros que se destacaram na história do país.
Foto: Internet

Leonel de Moura Brizola nasceu em 1922, em Carazinho (RS), e morreu em 2004, no Rio de Janeiro (RJ). Fundador do PDT, Brizola foi governador de dois estados: Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Foi prefeito de Porto Alegre (RS), deputado estadual e deputado federal. Também lutou contra a ditadura militar e foi candidato à Presidência da República por duas vezes.

Dez anos

A proposta aprovada, de autoria do ex-deputado Vieira da Cunha (PDT-RS), também facilita homenagens futuras. A lei atual (11.597/2007) exige que a homenagem seja feita somente após 50 anos da morte do homenageado, prazo agora reduzido para dez anos.

A matéria segue agora para sanção presidencial.

Fonte: www12.senado.leg.br


sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

França abre inscrições para brasileiros cursarem ensino superior

Prazo para se candidatar a cursos de graduação termina em 21 de janeiro. Segundo a Campus France, taxa de admissão de brasileiros é de 85%.


Está aberto o período de inscrição para brasileiros que querem cursar o ensino superior na França. A partir deste ano, pela primeira vez, a candidatura pode ser feita exclusivamente on-line e não há necessidade de encaminhar cópias impressas de documentos. De acordo com Thaís Cardim, porta-voz da Campus France, taxa de admissão de candidatos brasileiros em instituições francesas é de 85%.

A entrevista presencial é o segundo passo da candidatura.

Para postular uma vaga de graduação ou pós na França, é necessário enviar um dossiê eletrônico que inclui informações sobre a experiência acadêmica e profissional dos candidatos, cartas de motivação, entre outros itens. O site para envio da documentação é o www.bresil.campusfrance.org.

O prazo varia de acordo com o nível e a área de estudo. Para o primeiro ano da graduação nas universidades públicas, o período de candidatura termina em 21 de janeiro. Para o segundo e terceiro anos de graduação e para o mestrado, o prazo se estende até 18 de março.

As universidades francesas são públicas, porém, o governo arca com 90% dos custo do ensino e não há distinção entre estudantes nativos e estrangeiros. Para as universidades, o custo, por ano, é de 200 a 400 euros, o equivalente a 800 a 1.600 reais.

Segundo a Campus France, agência governamental francesa responsável pela promoção do ensino superior, a França é o terceiro país mais procurado por estudantes que querem estudar no exterior. Só no ano passado, cerca de 4 mil brasileiros tiveram visto concedido para estudar França, segundo Thaís Cardim, porta voz da Campus France Brasil.

Para cursos de até três meses não é necessária a obtenção de visto. Com o visto de estudante, é possível trabalhar meio período. Há também diversas opções de cursos com estágio remunerado. Os alunos das instituições francesas ainda têm acesso a restaurantes universitários, auxílio-moradia e planos especiais para transporte.

Fonte: g1.globo.com


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Acredito ser resultado de uma boa educação

Suécia fecha quatro presídios por falta de detentos: Taxa de ocupação do sistema carcerário do país vem caindo desde 2004


A Suécia passa por uma drástica queda no número de prisões nos últimos dois anos e, por esse motivo, as autoridades decidiram fechar quatro penitenciárias e um centro de detenção, informa reportagem do jornal britânico The Guardian. "Vemos um declínio extraordinário no número de detentos. Agora temos a oportunidade de fechar parte de nossa infraestrutura", disse Nils Oberg, diretor de Serviços Penitenciários do país.

O serviço penitenciário sueco fechou presídios em quatro cidades: Aby, Haja, Bashagen e Kristianstad. Dois desses prédios devem ser vendidos para a iniciativa privada e os outros dois devem abrigar temporariamente outras instituições estatais.

Fonte: veja.abril.com.br

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Um dia para ficar marcado na História do Brasil

Decisão de Cunha sobre pedido de impeachment de Dilma deve ser lida nesta quinta: Será criada comissão especial para analisar a denúncia. Dilma terá 10 sessões do Plenário, a partir da notificação, para apresentar a sua defesa


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, anunciou nesta quarta-feira (2) que aceitou um dos pedidos de impeachment protocolado na Casa contra a presidente Dilma Rousseff. A solicitação, apresentada pelos juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal em outubro, baseia-se, principalmente, em um suposto crime de responsabilidade contra a lei orçamentária.

O pedido, que tem apoio da oposição, alega que Dilma teria autorizado novas despesas primárias, no final do ano passado, quando o governo já havia reconhecido que não iria cumprir a meta de superavit primário prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A lei orçamentária de 2014 (Lei 12.952/14) só autoriza a abertura de créditos para novas despesas se eles forem compatíveis com a obtenção da meta de resultado primário da LDO. Em 2015, segundo a denúncia, o mesmo teria ocorrido.

De acordo com a Lei do Impeachment (1.079/50), o presidente da República pode ser processado por crime de responsabilidade por infringir a lei orçamentária.

Os autores do pedido de impeachment alegam ainda que a presidente deve ser processada pela prática das chamadas “pedaladas fiscais”, pelo uso de bancos públicos para pagar despesas típicas do governo, algo que é vetado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Tanto as pedaladas como a edição de decretos foram analisadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em outubro, quando aprovou parecer recomendando a rejeição das contas da presidente Dilma Rousseff referentes ao ano passado.

Natureza técnica O presidente da Câmara afirmou que a sua decisão era de natureza técnica. “Não consegui encontrar nenhum argumento para descaracterizar a tese colocada”, afirmou. Cunha disse também que o pedido de abertura de processo de impeachment era a oportunidade de o País enfrentar de uma vez por todas esse tema. Segundo ele, se o processo não for aceito, o debate sobre o afastamento da presidente acaba no País.

Ao final, ele afirmou que não estava feliz com a sua decisão, mas não via outro caminho. “Não causa felicidade a ninguém isso. Mas não ficaria com isso [pedido] na gaveta sem decidir”.

Rito processual Com a decisão de Eduardo Cunha, o pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff seguirá um rito determinado pela Lei do Impeachment e pelas normas regimentais da Câmara dos Deputados. O trâmite é rápido.

Nesta quinta, Cunha deve ler, no Plenário, o pedido e a sua decisão, que será publicada no Diário da Casa. Na mesma sessão, ele determinará a criação da comissão especial que vai analisar a denúncia e receber a defesa da presidente, que será notificada. Dilma terá 10 sessões do Plenário, a partir da notificação, para apresentar a sua defesa.

A comissão especial terá 66 deputados titulares e igual número de suplentes, todos indicados pelos líderes partidários. O número garante a participação de parlamentares de todos os partidos e blocos da Câmara, como determina a Lei do Impeachment.

Após a indicação, a comissão especial será eleita no Plenário da Casa. Tão logo seja formada, no prazo de 48 horas, faz a primeira reunião para eleger o presidente e o relator. Nesta fase, pode haver disputa pelos cargos, que são decididos por maioria simples.

A partir do recebimento da defesa da presidente, a comissão especial terá cinco sessões do Plenário para votar o parecer, que pode ser pelo recebimento ou não da denúncia. O parecer aprovado será submetido ao Plenário, a quem cabe a palavra final sobre a abertura de processo contra a presidente da República. A votação ocorrerá 48 horas após a publicação do parecer da comissão especial.

Para que a Câmara autorize a abertura de impeachment contra Dilma, são precisos os votos de 342 deputados (ou 2/3 da Casa), em votação nominal. A partir daí, o Senado faria o julgamento da presidente.

Fonte: www12.senado.gov.br


quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

IFRN Campus João Câmara promove V Torneio Aberto de Xadrez

Pelo quinto ano seguido, o campus João Câmara do IFRN sediará mais um torneio aberto de xadrez. No sábado do dia 05 de dezembro, acontecerá um torneio aberto a qualquer enxadrista do estado do Rio Grande do Norte, mas com foco no desenvolvimento do xadrez praticado na cidade e na região do Mato Grande. Na última edição, foram 76 participantes nos dois grupos: estudantil e absoluto.


A organização ficará a cargo da pela equipe de xadrez do IFRN-JC e contará com enxadristas de Poço Branco, Caiçara do Norte, Jandaíra, Ceará-mirim, Natal, Macaíba, Santa Cruz, dentre outros. O tempo de reflexão jogo será de 20 minutos para cada jogador por partida num total de 6 rodadas. Começará às 13h do próximo dia 05/12/2015 nas dependências do IFRN do campus João Câmara. A previsão de término é por volta das 18h.

A premiação contará com 2 troféus (um para cada campeão dos grupo absoluto e estudantil), 3 livros de xadrez e 31 medalhas para as diversas categorias: 5 primeiros dos 2 grupos, mulheres (melhor do absoluto e 3 primeiras do estudantil), 3 melhores do sub-16, 3 melhores do sub-14, 3 melhores do sub-12, 3 melhores do sub-10, melhor atleta externo ao Instituto, melhor sênior e medalha para a revelação do torneio estudantil (IFRN-JC).

Fonte: Blog de Assis

Um sistema de educação modelo no mundo: Finlândia

Há pouquinho tempo saiu um levantamento sobre o sistema educacional no mundo feito pela editora britânica que publica a revista Economist (a Pearson).

Esse levantamento incluiu países com dados confiáveis para que se pudesse fazer o estudo. A Finlândia foi a vencedora no que se refere ao quesito educação, a mídia internacional atualmente tem coberto o chamado “fenômeno finlandês” com encanto e muito empenho. Educadores de todas as partes do mundo têm ido para lá para aprender esse grande segredo.

Citarei coisas básicas do sistema finlandês que acredito não ter visto nas escolas publicas que estudei durante toda a minha infância:
  1. Todas as crianças têm direito ao mesmo ensino. Não importa se é filho de premiê ou do porteiro.
  2.  Todas as escolas são públicas, e oferecem, além do ensino, serviços médicos e dentários, e também comida.
  3. Os professores são extraídos dos 10% mais bem colocados entre os graduados.
  4. As crianças têm um professor particular disponível para casos em que necessitem de reforço.
  5.  Nos primeiros anos de aprendizado, as crianças não são submetidas a nenhum teste.
  6. Os alunos são instalados a falar mais que os professores nas salas de aula. (uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que 85% do tempo numa sala é o professor que falar).
O que falai é só um pequeno exemplo, apenas.

Claro que, para fazer isso, são necessários recursos. A carga tributária na Finlândia é de cerca de 50% do PIB. (No México, é 20%. No Brasil, 35%.).

Não é à toa que, também nas listas internacionais de satisfação, os escandinavos apareçam sistematicamente como as pessoas mais felizes do mundo.

Para ver de perto o jeito finlandês de educar crianças, basta ver um documentário que está no youtube.


Todos os educadores, todas as escolas, todas as pessoas interessadas na educação, no Brasil, deveriam ver e discutir o documentário.

Muito obrigado!





terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Campanha "Eu valorizo o Professor"

A Cortez Editora está com uma Campanha de Valorização dos Professores: a proposta é fazer imagens personalizadas, com a foto e a profissão das pessoas,  para que elas possam postar nas redes sociais o quanto valorizam o papel dos educadores em suas trajetórias.

Veja aqui há alguns exemplos das artes feitas.

Você quer uma imagem como essa? Basta enviar a sua foto com sua profissão (ou formação) para: 

Fonte: of2edu.blogspot.com.br

Aos meus alunos do CEIMAR...


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Intentona Comunista completa 80 anos no Rio Grande do Norte

Revolta que pretendia tirar Getúlio Vargas do poder durou três dias. Movimento se repetiu em Recife e Rio de Janeiro, mas foi derrotado. 


No dia 23 de novembro de 1935 o quartel da Polícia Militar em Natal virou um dos focos de uma revolta histórica no Brasil. A chamada Intentona Comunista se repetiu em Recife e Rio de Janeiro, mas acabou derrotada pelo governo Getúlio Vargas. Com o fim do movimento, várias pessoas foram presas, incluindo Luís Carlos Prestes, apontado como principal articulador da Intentona Comunista.
Prédio onde funcionava o quartel da PM e onde começou a Intentona Comunista em Natal. ( Foto: reprodução/Inter TV Cabugi)

No Rio Grande do Norte a revolta, que tinha como objetivo derrubar o presidente Getúlio Vargas, durou três dias. Uma Junta de Governo chegou a ser formada e destituiu o governador Rafael Fernandes e a Assembleia Legislativa. Além de Natal, cidades do interior também registraram revoltas.

Apesar de ter sido planejada para acontecer em vários quartéis do Brasil, a revolta acabou reduzida a três focos de resistência, o que segundo o historiador Plínio Sanderson pesou para o sucesso da intentona. Para o historiador, faltou articulação nacional para o êxito da revolta, que completou 80 anos nesta segunda-feira.

Fonte: Do G1 RN

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Como surgiu o Dia da Consciência Negra

A ONU no ano de 1971 instituiu como sendo o Ano Internacional para Ações de Combate ao Racismo e a Discriminação Racial, nesse ano no dia 20 de novembro se realizou a primeira manifestação alusiva a Zumbi de Palmares pelo Movimento Negro em todo o território nacional pelo Grupo Palmares de Porto Alegre. A escolha dessa data foi do grande poeta e militante negro do Rio Grande do Sul, Oliveira Silveira.
Foto: Internet

No Rio de Janeiro, na sede do IPCN havia um quadro verde preso a parede no salão principal da entidade, onde eram realizadas as reuniões, assembléias e aulas. O quadro era verde porque os ânimos da época eram radicais, ninguém queria um quadro negro naquele salão.

Em novembro de 1974, algum membro da diretoria do IPCN escreveu a seguinte frase no quadro para os associados se ligarem: 20 DE NOVEMBRO HOMENAGEM A ZUMBI, a frase ficou estampada no quadro e uma noite olhando aquela frase estampada o companheiro Paulo Roberto do Santos, muito respeitado no Movimento Negro, escreveu debaixo dela: DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA.

Oliveira Silveira e Paulo Roberto dos Santos construíram o dia considerado o mais importante para a luta negra no Brasil, 20 DE NOVEMBRO – DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA.

Por Januario Garcia
Fonte: afrokut.com.br


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Brasil é número um em mau comportamento na sala de aula, indica pesquisa

Os estudantes brasileiros lideram o ranking de indisciplina na sala de aula. É o que sinaliza relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A pesquisa internacional sobre ensino e aprendizagem, conhecida pela sigla Talis, aponta que o mau comportamento prejudica as instruções dos professores e absorção de conteúdo.

Entre os 34 países que participaram do Talis em 2008 e 2013, são os docentes brasileiros que dizem gastar mais tempo para manter a ordem em sala de aula. Em 2008, eram 18%. Já em 2013, essa porcentagem subiu para 20%, quando a média internacional foi de 13% nos dois períodos.
Foto: Internet

Mais de 60% dos professores no país relataram ter mais de 10% de alunos com problemas de mau comportamento. Situação parecida acontece com o Chile e o México. Nos dois países, os professores também afirmaram enfrentar essas questões em sala de aula. Por outro lado, no Japão, pouco mais de 10% dos professores indicaram lidar com interrupções dos estudantes.

Todavia, segundo a pesquisa, a indisciplina é generalizada no Brasil. Ao contrário do que muitos poderiam imaginar, os números de estudantes com mau comportamento são quase os mesmos nas escolas públicas ou particulares. A diferença foi de apenas três pontos.

Menos tempo

Além das interrupções pelos estudantes, há outras fontes que atrapalham o desempenho no ambiente escolar como lista de chamada, informações da escola e reuniões. Essas atividades consomem ainda mais o tempo de aprendizado e nesse quesito o Brasil também aparece em primeiro lugar. O Talis 2013 mostra que é de 33%, na média, o tempo de não instrução relatado pelos professores brasileiros. A média é de 21% entre todos os países participantes.

Outro ponto importante mencionado na pesquisa é a carência desses profissionais. Com poucos disponíveis em sala de aula, o número de alunos por classe aumenta. O que torna o ambiente pouco favorável para o aprendizado.

Fonte: www.amambainoticias.com.br


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Prefeito deixa de investir no carnaval e usa verba para instalar ar em escolas do municipio

Neste ano o prefeito de Passo Fundo – RS, Luciano Azevedo (PPS), resolveu cancelar qualquer pagamento para as escolas de samba e decidiu aplicar nas escolas municipais os R$ 400 mil que estavam reservados para o Carnaval.

O dinheiro irá todo para a compra de aparelhos de ar condicionado e não para escolas de samba, com o dinheiro ele instalou cerca de 400 ar-condicionados nas salas de aula das escolas de educação infantil.

Foto: Internet
Os passo-fundenses dizem que não se pode perder a esperança nas atitudes de políticos que ainda possuem senso de clareza ao que se deve realmente ser feito com o dinheiro público e que acabou a palhaçada de investir no carnaval de rua, no qual apenas gera violência, bagunça e desordem! Fica a dica ao nosso prefeito.

Foto: Internet
O carnaval na nossa avenida é um grande exemplo de desperdício e que com certeza os moradores se sentem extremamente incomodados, por que pagam os seus impostos e o mínimo querem esperar  que se haja um consenso no investimento publico para o alto público e não para agradar uma minoria em nome de uma tradição que vem morrendo a cada ano.

Os pais de alunos que tiveram os seus filhos beneficiados com ar-condicionados em suas escolas estão felizes e agradecem a prefeitura.

Foi feito um plebiscito na cidade para que a comunidade de Santo Inácio, se expressasse sobre a ação do prefeito em não investir em carnaval e sim em escolas, a população aprovou a atitude positiva do gestor.

Fonte: www.portaldolitoralpb.com.br

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Governo do RN transfere ponto facultativo do Dia do Servidor

O Goverdo do Estado publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (7), um decreto transferindo o ponto facultativo do feriado do servidor público, comemorado no dia 28 de outubro, uma quarta-feira, para o dia 30 de outubro, uma sexta-feira.

O decreto ainda estabelece que o ponto facultativo é válido para todos os órgãos e entidades da administração direta, indireta, autárquica e fundacional do estado, ficando de fora apenas atividades consideradas essenciais.


Fonte: g1.globo.com/

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Lei proíbe uso de celular na sala de aula

A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, em maio de 2008, uma lei que proíbe alunos de usar celulares e aparelhos eletrônicos como MP3 players e videogames em escolas públicas e privadas da Educação Básica. Está liberada a utilização nos intervalos e horários de recreio, fora da sala de aula, cabendo ao professor encaminhar à direção o aluno que descumprir a regra.

O projeto de lei que originou a norma diz que o uso do telefone pode desviar a atenção dos alunos, possibilitar fraudes durante as avaliações e provocar conflitos entre professores e alunos e alunos entre si, influenciando o rendimento escolar. Se por um lado, a tecnologia serve de apoio às ações educacionais, por outro o seu uso exacerbado se torna um empecilho.

Há diferenças entre a discussão das formas e dos modos de fazer uso de tecnologias em espaços coletivos e sua exclusão.

A escola tem o dever de humanizar e educar cidadãos, posicionando-se por vezes no fio da navalha entre exercer a autoridade e ser autoritária. Não é imprescindível criar uma lei para disciplinar o uso desses aparelhos nas escolas, pois as determinações sobre essa questão podem constar do regimento interno e do projeto político-pedagógico.


Fonte: gestaoescolar.abril.com.br

24 de Outubro - DIA DA ONU

Em 24 de outubro, celebra-se o Dia da ONU – Organização das Nações Unidas –, em referência à data de sua fundação, que ocorreu no ano de 1945 em substituição à antiga Liga das Nações — extinta em razão da emergência da Segunda Guerra Mundial. Após o término desse conflito, foi assinada a Carta das Nações Unidas em 26 de junho do referido ano, o que deu origem à ONU, cujo funcionamento entrou em vigor, então, no dia 24 de outubro, data que, portanto, marca o seu aniversário.
Foto: Internet

Segundo a Carta das Nações Unidas, os objetivos da ONU são: a) manter a paz e a segurança em todo o mundo; b) Mediar e promover relações amistosas entre as nações; c) promover cooperações na resolução de problemas internacionais; d) ser o centro responsável por reunir as nações em prol desses objetivos em questão.

Atualmente, a ONU é composta por 193 países, configurando-se como uma das maiores organizações internacionais do mundo em número de países-membros. Desse total, 51 são os seus fundadores, ou seja, aquelas nações que assinaram a Carta das Nações Unidas em 1945, o que inclui o Brasil. O último país a aderir à ONU foi o Sudão do Sul, em 2011, ano em que esse país tornou-se independente.

A estrutura da ONU é formada pelos seguintes órgãos: Assembleia Geral, Conselho de Segurança, Conselho Econômico e Social, Conselho de Tutela e Corte Internacional de Justiça e o Secretariado Geral.

A Assembleia Geral é a instância decisória formada por todos os países-membros, de caráter deliberativo, cujas decisões devem ser aprovadas pela maioria absoluta dos votos. É nela que muitos países apresentam seus problemas, aprovam ou rechaçam resoluções, apresentam seus compromissos e pedidos de ajuda. A Assembleia Geral também ajuda a regulamentar os demais órgãos da ONU.

O Conselho de Segurança (CS) é o órgão relacionado com as resoluções a respeito da segurança internacional, cujas deliberações são de cumprimento obrigatório. Embora seja uma entidade altamente importante, é composta por apenas cinco países efetivos e cinco temporários, que são trocados a cada cinco anos, de modo que apenas os membros efetivos possuem o poder de vetar toda e qualquer decisão, o que significa que uma deliberação só é aprovada se todos os cinco países efetivos e a maioria absoluta dos membros estiverem favoráveis. Os cinco países efetivos são: Rússia, Estados Unidos, China, Reino Unido e França.

Já o Conselho Econômico e Social é formado por 54 membros escolhidos por votação na Assembleia Geral. Sua responsabilidade é comandar as ações econômicas e humanitárias da ONU, além de fiscalizar o trabalho de comissões, como a dos direitos humanos e outras.

O Conselho de Tutela foi um órgão criado para administrar os territórios comandados ou sob tutela da ONU. Quando o território de Palau, localizado no Oceano Pacífico, conseguiu sua independência, a ONU ficou sem tutela sobre nenhum local, de modo que esse conselho foi suspenso em 1994 por tempo indeterminado.

A Corte Internacional de Justiça é um importante órgão internacional que tem a função de julgar legalmente as nações em âmbito neutro e supranacional sobre eventuais crimes cometidos. A sua sede encontra-se em Haia, na Holanda, sendo por isso conhecida como Tribunal de Haia. Essa corte é formada por 15 juízes, que são escolhidos pelo Conselho de Segurança e pela Assembleia Geral. Embora sejam importantes, as decisões do tribunal não são consideradas de adoção obrigatória.

Por fim, o Secretariado Geral é responsável pela administração do organismo, além de gerenciar os programas e práticas da ONU, acionar o Conselho de Segurança e relacionar-se com a mídia. Seus funcionários são oriundos de praticamente todos os países-membros atuais.

Apesar de ser um órgão internacional importante, a ONU possui as suas limitações, sobretudo quando sua função é conter a emergência de conflitos pelo mundo e diminuir a desigualdade. Mesmo assim, essa entidade é extremamente importante no que se refere às relações diplomáticas internacionais e à questão humanitária em todo o planeta.


Fonte: www.brasilescola.com

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

inscrições do Enem para privados de liberdade começam em 1 de outubro

Prazo vai até as 23h59 do dia 23 de outubro.

Provas serão aplicadas em 1 e 2 de dezembro.


As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os candidatos privados de liberdade e jovens que cumprem medidas socioeducativas começam a partir das 10h do dia 1 de outubro e vão até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 23 de outubro. O edital do Ministério da Educação foi publicado nesta terça-feira (29) no Diário Oficial da União.
As provas serão aplicadas nos dias 1 e 2 de dezembro nas unidades prisionais e socioe-ducativas que tenham firmado termo de adesão no Inep.

As inscrições devem ser feitas pelos responsáveis pedagógicos de cada unidade no endereço eletrônico http://sistemasespeciais.inep.gov.br/unidadesprisionais.

O exame segue os mesmos moldes do que será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. No primeiro dia, em 1 de dezembro, os candidatos farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, com duração de 4 horas e 30 minutos. No segundo dia, será a vez das provas de linguagens, matemática e redação, com duração de 5 horas e 30 minutos. O exame começa sempre às 13h.

Com os Enem, os candidatos, dependendo do desempenho, podem solicitar a certificação do ensino médio ou ainda disputar uma vaga no ensino superior por programas como o Prouni (que oferece bolsa de estudos na rede privada) ou Sisu (que seleciona para as universidades públicas).



Fonte: g1.globo.com

Arábia Saudita aprova pena de morte para quem for pego com exemplares da Bíblia Sagrada

A perseguição religiosa contra cristãos na Arábia Saudita ganhou contornos mais extremos com a promulgação de uma lei que prevê a pena de morte para quem portar uma Bíblia.

A medida, indireta, faz parte de uma série de mudanças na legislação do país, é uma forma de atender às exigências da Sharia, lei muçulmana que é usada pelos governantes da Arábia Saudita como inspiração para as leis civis.
Foto: Internet

A pena prevista para quem for pego com uma Bíblia Sagrada é a morte, de acordo com informações da missão Heart Cry (“clamor do coração”, em tradução livre).

A medida foi implementada quando o governo alterou a legislação da importação de drogas ilegais e incluiu um artigo sobre literatura, prevendo que “todas as publicações de outras crenças religiosas não islâmicas e que tragam prejuízo” devem ser combatidas.

Na prática, tornou-se proibido entrar com Bíblias na Arábia Saudita, e quem for pego com um exemplar das Escrituras Sagradas do cristianismo deve ser condenado à morte por contrabando.

Na Arábia Saudita, país de maioria islâmica, o cristianismo é restrito a alguns estrangeiros que lá vivem, e as poucas igrejas existentes são pequenas e sem ligação com grandes ministérios internacionais.

Existe o temor de que, dessa forma, o plano para erradicar o cristianismo na Arábia Saudita alcance êxito, segundo informações do portal WND.

A Missão Portas Abertas divulga anualmente uma lista com os países que mais perseguem cristãos, e a Arábia Saudita figura na sexta colocação de piores nações para a divulgação do Evangelho.

“Se os muçulmanos verdadeiramente tivessem confiança que sua religião é verdadeira, não teriam medo de pessoas que leem a Bíblia”, comentou o teólogo Joel Richardson, autor de diversos livros sobre o islamismo.

Fonte: noticias.gospelmais.com.br


quarta-feira, 30 de setembro de 2015

A origem do dia das crianças

O Dia das Crianças é uma data comemorada em diferentes países. De acordo com a história e o significado da comemoração, cada país escolhe uma determinada data e certos tipos de celebração para lembrar de seus menores. Ao mesmo tempo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) convencionou o dia 20 de novembro para se comemorar o dia das crianças.
Foto: Internet

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação. No caso brasileiro, a tentativa de se padronizar uma data para as crianças aconteceu algumas décadas antes.

Em 1923, a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. No ano seguinte, aproveitando a recente realização do evento, o deputado federal Galdino do Valle Filho elaborou o projeto de lei que estabelecia essa nova data comemorativa. No dia 5 de novembro de 1924, o decreto nº 4867, instituiu 12 de outubro como data oficial para comemoração do Dia das Crianças.

Entretanto, a data não se tornou uma unanimidade imediata. Somente em 1955, a data começou a ser celebrada a partir de uma campanha de marketing elaborada por uma indústria de brinquedos chamada Estrela. Primeiramente, Eber Alfred Goldberg, diretor comercial da empresa, lançou a chamada “Semana do Bebê Robusto”. O sucesso da campanha logo atraiu a atenção de outros empresários ligados à indústria de brinquedos.

Com isso, lançaram uma campanha publicitária promovendo a “Semana da Criança” com o objetivo de alavancar as vendas. Os bons resultados fizeram com que esse mesmo grupo de empresários revitalizassem a comemoração do “12 de outubro” criado pelo deputado Galdino. Dessa forma, o Dia das Crianças passou a incorporar o calendário de datas comemorativas do país.

Por Rainer Sousa
Graduado em História
Equipe Brasil Escola

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Múmias do Egito Antigo e a Mumificação

De acordo com a religião egípcia, a alma da pessoa necessitava de um corpo para a vida após a morte. Portanto, devia-se preservar este corpo para que ele recebesse de forma adequada a alma. Preocupados com esta questão, os egípcios desenvolveram um complexo sistema de mumificação.

O processo de mumificação

O processo era realizado por especialistas em mumificação e seguia as seguintes etapas:

1º - O cadáver era aberto na região do abdômen e retirava-se as víceras (fígado, coração, rins, intestinos, estômago, etc. O coração e outros órgãos eram colocados em recipientes a parte. O cérebro também era extraído. Para tanto, aplicava-se uma espécie de ácido pelas narinas, esperando o cérebro derreter. Após o derretimento, retirava-se pelos mesmos orifícios os pedaços de cérebro com uma espátula de metal.
Foto: Internet (Mumificação com Anúbis ao fundo) 

2º - O corpo era colocado em um recipiente com natrão (espécie de sal) para desidratar e também matar bactérias.

3º - Após desidratado, enchia-se o corpo com serragem. Aplicava-se também alguns “perfumes” e outras substâncias para conservar o corpo. Textos sagrados eram colocados dentro do corpo.

4º - O corpo era envolvido em faixas de linho branco, sendo que amuletos eram colocados entre estas faixas. 

Após a múmia estar finalizada, era colocada dentro de um sarcófago, que seria levado à pirâmide para ser protegido e conservado. O processo era tão eficiente que, muitas múmias, ficaram bem preservadas até os dias de hoje. Elas servem como importantes fontes de estudos para egiptólogos. Com o avanço dos testes químicos, hoje é possível identificar a causa da morte de faraós, doenças contraídas e, em muitos casos, até o que eles comiam. 

Graças ao processo de mumificação, os egípcios avançaram muito em algumas áreas científicas. Ao abrir os corpos, aprenderam muito sobre a anatomia humana. Em busca de substâncias para conservar os corpos, descobriram a ação de vários elementos químicos.

Curiosidades: 

Para transformar um corpo em múmia era muito caro naquela época. Portanto, apenas os faraós e sacerdotes eram mumificados.

Alguns animais como, por exemplo, cães e gatos também foram mumificados no Egito Antigo.

Fonte: www.suapesquisa.com


Estudante corre nu durante blitz da Lei Seca em Natal

Segundo a PM, jovem aparentava estar sob efeito de drogas. Blitz ainda prendeu dois motoristas e apreendeu 42 carteiras de habilitação.


Um estudante, que segundo a Polícia Militar aparentava estar sob efeito de drogas, foi detido ao correr nu em meio a uma barreira da Operação Lei Seca realizada na madrugada deste domingo (27) no bairro de Capim Macio, na Zona Sul de Natal. Segundo o capitão Styvenson Valentim, apesar de ter sido detido momentaneamente, o rapaz acabou liberado após retomar a consciência. “Ele não dizia coisa com coisa. Não sabia de onde vinha nem para onde estava indo. Também não sabia dizer se tinha bebido nem se tinha consumido algum entorpecente. Fizemos buscas pela região e conseguimos encontrar as roupas e os documentos dele. Quando voltou ao normal, o levamos para casa”, afirmou o oficial.
Foto: Capitão Styvenson Valentim/ PM
A blitz aconteceu na rua Walter Duarte Pereira, ponto onde a PM e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) quase que semanalmente montam barreiras de fiscalização. Dois motoristas foram presos em flagrante por estarem dirigindo sob efeito de bebida alcóolica e 42 carteiras de habilitação retidas.

"Também apreendemos seis veículos, sendo quatro carros e duas motocicletas”, acrescentou Styvenson.

Fonte: g1.globo.com





MAXARANGUAPE - RN: Vereadores aprovam obrigatoriedade de transporte do escolar a estudantes universitários

Depois de muita reclamação nas redes sociais, por parte dos estudantes universitários de Maxaranguape, e, solicitado ao vereador Crizaldo – PC do B que ajudasse aos estudantes a resolver esse problema, vereador tomou iniciativa de propor na câmara Projeto de Lei que regulamentasse o “amarelinho” para quem estuda fora do Município. Em sessão ordinária realizada dia 15, a unanimidade da casa, Projeto do vereado Crizaldo foi aprovado, com a galeria da Câmara municipal tomada por estudantes. Antes, porém, do início da sessão, segundo vereador Crizaldo, Prefeita Neidinha esteve na câmara reunindo-se com os vereadores pedindo que o Projeto não fosse apresentado. O que de pronto foi recusado pelo vereador do PC do B e outros.

No plenário se deu o debate sobre a matéria que, ao final, todos os edis votaram e aprovaram importante projeto em beneficio dos estudantes. Ainda segundo o vereador Crizaldo, disse que, seu colega Cristovão, antes de entrar no plenário da Casa, ouviu a Prefeita dizer para Chico Araújo, que vetaria o Projeto.

A “bola” está com a Prefeita Neidinha que poderá vetar ou sancionar o projeto. Segundo informações colhidas pela reportagem junto aos vereadores, até os da base de apoio ao governo, caso Prefeita vete o Projeto, o veto será derrubado. Os estudantes, entretanto, devem ficar antenados até curso final da tramitação da matéria.


Fonte: O Litoral Notícias