Um ladrão rouba um tesouro, mas não furta a inteligência. Uma crise destrói uma herança, mas não uma profissão. Não importa se você não tem dinheiro, você é uma pessoa rica, pois possui o maior de todos os capitais: a sua inteligência. Invista nela. Estude! (Algusto Cury)



sexta-feira, 13 de março de 2015

Projetos de estudantes de escolas estaduais serão apresentados na Feira Brasileira de Ciências em São Paulo

Cinco projetos da 12ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (Direc), localizada em Mossoró, representarão o Rio Grande do Norte na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE/2015). O evento vai ser realizado de 17 a 19 de março, na Universidade de São Paulo (USP), no horário de  14h às 19h, com entrada franca para o público visitante.
Os projetos foram classificados na 4ª Feira de Ciência do  Semiárido Potiguar, em novembro de 2014, promovida pela Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido) em parceria com a Secretaria da Educação do RN.  Do município do Oeste potiguar foram selecionados os projetos: A Eficácia dos Produtos Biodegradáveis a partir do óleo de coco (nucifera) no combate as bactérias, feito por alunos da Escola Estadual Rui Barbosa, sediada em Tibau; De Saco a Calçadas: Uma Construção Sustentável, feito por alunos da Escola Estadual Aida Ramalho Cortez Pereira, de Mossoró; Estudo Termoxidativo de Biodiesel de Gorduras Animais e Tratamento do seu efluente de Purificação por Eletrofloculação , feito por alunos da Escola Estadual Abel Freire Coelho, Mossoró. 
Também foram classificados os trabalhos: O Entretenimento Juvenil no município de Tibau/RN: Uma questão para Refletir, feito por alunos da Escola Estadual Rui Barbosa, em Tibau; e a Viabilidade Técnica do Óleo da Calotrópis Procera para a Produção de Biodiesel, feito por alunos da Escola Estadual Eliseu Viana.
Mais seis escolas que integram as Direcs de Umarizal, Pau dos Ferros, Assu e Apoi enviarão  projetos de seus alunos a FEBRACE. Destilação de Águas Cinzas Negras e Salobras por Aquecimento Solar Utilizando Lentes Convergentes, da Escola Estadual 11 de Agosto, de Umarizal; Diminuição da Poluição do Ar por Meio de um Purificador de Ar Ecológico, também da Escola Estadual 11 de Agosto, de Umarizal; Lamparina D Água, da Escola Estadual Apolinária Jales, de Messias Targino; Lixo: Problemas e Desafios no município de Itaú/RN, da Escola Estadual Francisco de Assis Pinheiro, de Itau; Reciclagem Eletrônica: Montando um Mini Transmissor de Rádio Móvel com Sucatas Eletrônicas, da Escola Estadual Governador Walfredo Gurgel, de Antônio  Martins; e SELB´S : Sensor Eletrônico de Luzes Baixas, da Escola Estadual Padre Ibiapina, de Assu. 
A Feira de Ciências do Semi-Árido Potiguar contou com a participação de trabalhos de 96 escolas de 67 municípios de diversas regiões do Rio Grande do Norte.

Fonte: www.rneducacao.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário